Covid Longa: Conheça as principais sequelas da COVID-19 e como tratá-las.

Sequelas pós covid

Desde que a Covid-19 se espalhou pelo mundo, profissionais da saúde e líderes mundiais iniciaram uma corrida científica que descobre, dia após dia, novos desafios e soluções acerca da doença. Uma dessas descobertas foi que a COVID não era apenas uma infecção passageira, mas que poderia trazer consequências crônicas à saúde, mesmo quando o indivíduo já era considerado “curado” da doença.

Os sintomas sentidos por 2 ou mais semanas após contrair o vírus, ou até o desenvolvimento de outras enfermidades, foram nomeados de “Covid Longa” ou “Síndrome Pós-covid”.

Para identificar as principais anomalias geradas na Covid Longa, cientistas recentemente fizeram uma revisão sistemática e meta-análise, a partir da seleção de 15 estudos que atendiam aos critérios estabelecidos.

A amostra incluía mais de 47.910 pacientes, entre as idades de 17 a 87 anos.

Ao total, foram registrados 55 sintomas no pós-covid. Dentre eles, os 4 mais comuns foram:

  1. Fadiga (58%)
  2. Dor de cabeça (44%)
  3. Falta de atenção (27%)
  4.  Queda capilar (25%)

Na imagem abaixo, é possível observar todas as desordens apresentadas no estudo, assim como o seu percentual de abrangência.

Efeitos da COVID -19

Diante desse cenário, o post de hoje tem como objetivo:

  1. Explicar as aparentes causas dos sintomas mais comuns do Pós-Covid.
  2. Contar os possíveis tratamentos farmacológicos a serem feitos para recuperar a qualidade de vida do paciente.

    Vamos lá?
    Boa leitura!

FALTA DE ENERGIA E EXCESSO DE CANSAÇO NO PÓS-COVID

Em parte, isso é explicado pelo fato de o COVID comprometer o metabolismo mitocondrial.
O vírus causa uma disfunção nas nossas mitocôndrias, atrapalhando a produção de ATP (energia) nas células. Como possuímos órgãos que gastam muita energia mitocondrial “apenas” para nos manter vivos – como os rins e o coração – o pouco de energia que produzimos é majoritariamente suprida por esses órgãos, sobrando ainda menos energia para realizarmos outras atividades. Por isso, a sensação de cansaço excessivo se instala!

COMO TRATAR: ATIVOS ENERGIZANTES

Existem ativos que vão trabalhar justamente no nosso aumento de energia, como é o caso do BioArct® e do MaxSolve®.

Bio Arct® 👉🏼 É uma biomassa marinha 🌊, proveniente da alga vermelha Chondrus crispus, encontrada no mar ártico. Ela tem efeito bioenergizante, pois triplica a síntese de ATP na mitocôndria.

Além disso, aumenta o Óxido Nítrico, melhorando o fluxo sanguíneo, a troca de nutrientes e consequentemente o funcionamento sistêmico do organismo.

MaxSolve® 👉🏼 É uma Coenzima Q10 líquida e 500% melhor absorvível. A Coenzima Q10 está presente na maioria das células do corpo e tem como função estimular a síntese de ATP. O envelhecimento declina a produção de Coq10, e como o COVID acelera esse envelhecimento, a suplementação se torna uma boa solução.

DOR DE CABEÇA, PERDA DE MEMÓRIA E CONCENTRAÇÃO

Os especialistas no assunto apontam 3 causas para tal efeito:

👉🏼 Lesão Mitocondrial: Lembra que falamos sobre a piora da função mitocondrial? Ela também vai repercutir no cérebro. Como o órgão demanda MUITA energia e é muito dependente das mitocôndrias, ele sofrerá uma piora das sinapses cerebrais (a comunicação entre os neurônios), dificultando a memória e o aprendizado.

👉🏼 Neurotropismo do vírus: Neurotropismo significa “predileção pelo sistema nervoso central”, que é justamente o que o vírus da COVID demonstra ter. Essa “neuroinvasão” tem sido relacionada à dores de cabeça, desordens neurológicas e déficits cognitivos como, por exemplo, a falta de foco e esquecimento.

👉🏼 Tempestade inflamatória: Em algumas pessoas, o vírus desencadeia uma resposta exagerada do sistema imune. É como se as células imunológicas fossem recrutadas mais do que o necessário, e então tais células acabam atacando o próprio organismo, e não o invasor. O corpo fica com uma quantidade exacerbada de citocinas pró-inflamatórias, que influencia negativamente no funcionamento dos órgãos e, claro, da nossa mente.

COMO TRATAR – ATIVOS NOOTRÓPICOS:

Eles são capazes de melhorar nosso desempenho cerebral sem causar efeitos colaterais.
Algumas de suas funções são: proteger os neurônios, melhorar a atividade cerebral e aumentar o aporte de neurotransmissores ligados à motivação e bem-estar.

Exemplos de Nootrópicos:
LIPO PS 20®, Cognizin®, Teacrine, Rhodiola Rosea e Fysetin®.

QUEDA CAPILAR

A queda dos fios é multifatorial, mas vamos focar aqui em 2 dos fatores mais relevantes:

  1. O Estresse físico ocasionado pela infecção por COVID:

O COVID-19 provoca danos no glicocálix, um revestimento que tem nas nossas membranas celulares. Ele é responsável por proteger as células contra agressores externos, manter a comunicação intracelular e assimilação de nutrientes. No cabelo, o glicocálix tem a função de regular as fases do ciclo capilar. Por isso, essa perda do glicocálix acaba prejudicando a atividade do folículo capilar, culminando na menor resistência e maior queda dos fios.

  1. O Estresse psicológico da doença e da pandemia:

O estresse aumenta o hormônio cortisol, que afeta a absorção de vitaminas e nutrientes. Esse desequilíbrio interfere no ciclo capilar, forçando os fios a passarem da fase de crescimento para a fase de repouso e queda. Tal alteração é sentida 3 meses após a ocasião estressante, momento em que a queda dos fios acontece.

COMO TRATAR – CONTROLE DO ESTRESSE E REPOSIÇÃO DE VITAMINAS E MINERAIS:

Se for identificado que a causa da queda está mais ligada ao estresse psicológico do paciente, é interessante avaliar o uso de adaptógenos, ansiolíticos e antidepressivos naturais. Dois exemplos são o 5-HTP e o Modulip GC®, que ajudarão no aumento do bem-estar e na redução do cortisol.

O 5-HTP é a sigla para “5-Hidroxitriptofano”, um precursor do neurotransmissor serotonina, famoso por estar ligado à sensação de bem-estar e felicidade. A deficiência do 5-HTP implica em redução da serotonina e por consequência, pode provocar estados de depressão, descontrole do apetite, insônia e ansiedade.

Já o Modulip GC® tem uma função neuroprotetora muito significativa, que vai ajudar na redução do efeito do cortisol sobre os neurônios, permitindo que as conexões neurais não sofram com o estresse.

Para casos de deficiência mineral e/ou vitamínica, gostamos de apostar principalmente nos nutrientes a seguir:

  • EXSYNUTRIMENT® (feito com o mineral Silício):
    O ativo patenteado é um silício orgânico estabilizado em colágeno marinho – o que aumenta a absorção pelo corpo e ajuda a direcionar o ativo para o sistema epitelial e capilar. Sua função é repor o silício – um mineral importante para a produção de colágeno, elastina e queratina, nutrientes essenciais para a saúde dos cabelos.

estudos que comprovam que a suplementação com Exsynutriment® aumenta a resistência capilar e a velocidade de crescimento dos fios, sendo um ativo interessante no tratamento de queda de cabelo pós-covid.

  • FERRO (Mineral)
    Esse mineral participa da produção dos glóbulos vermelhos do sangue e do transporte de oxigênio para todas as células do corpo. Por isso, quando há carência de ferro, há menos nutrientes chegando no couro cabeludo, o que piora o aspecto do cabelo e contribui para a sua queda. Isto, inclusive, já foi comprovado cientificamente! Por isso, é bem interessante a presença desse mineral na fórmula para a queda capilar!

  • BIOTINA (Vitamina B7 ou H)
    Ela favorece a produção de queratina, uma importante proteína para formação e estrutura do cabelo. Demonstra melhorar quadros de alopecia, caspa e dermatites seborreicas, sendo uma ótima coadjuvante na recuperação da saúde capilar.

  • ZINCO (Mineral)
    Esse mineral influencia na reprodução celular, na reparação dos tecidos capilares e no fortalecimento de suas fibras. Também participa da formação de sebo no couro cabeludo, aumentando a sua hidratação e impedindo a perda de nutrientes. Portanto, tê-lo presente na fórmula para melhora da saúde capilar é uma excelente pedida!

CONCLUSÃO

O COVID-19 exige estudos e aprendizado constantes, mas o tempo vem trazendo respostas e a cada dia estamos mais maduros para lidar com a doença.

Uma coisa é certa: mais do que nunca, é hora de priorizar a saúde, não só respeitando os protocolos de distanciamento e higiene, como também hidratando e nutrindo adequadamente o corpo, praticando atividade física e cuidando da saúde mental.

E se você já teve COVID e hoje passa por algum dos sintomas que relatamos nesse post, não deixe de consultar seu médico e conte com nossa ajuda para o seu tratamento! 😊

Para entrar em contato com uma de nossas filiais, é só clicar em um dos botões abaixo.

Fontes:
Workshop ALQ sobre “Sequelas Pós-Covid”, ministrado pelo Professor Luiz Nogueira – BIOTEC – Agosto de 2021.
Pesquisa citada:

https://www.biotecdermo.com.br/exsynutriment/
https://www.biotecdermo.com.br/wp-content/uploads/2019/01/Modulip_GC.pdf
https://blog.alqfarmacia.com.br/wp-content/uploads/2020/11/Lamina_5HTP_ALQ.pdf
https://www.biotecdermo.com.br/wp-content/uploads/2019/01/Bio-Arct-1.pdf
https://br.fagron.com/sites/default/files/folder_maxsolve.pdf