Menopausa e climatério: quais são os sintomas e tratamentos

16 minutos de leitura
Menopausa e climatério
Imagem: Deposit Photos

A menopausa, na verdade, significa a última menstruação da vida de uma mulher e ela indica o encerramento da sua vida fértil. O período que antecede e sucede a menopausa se chama climatério, e é marcado por mudanças hormonais que são sentidas pelas mulheres e precisam ser tratadas para que o seu bem-estar seja mantido.

Normalmente essa fase acontece entre os 45 e 55 anos de idade. Nela, os ovários diminuem a produção de estrogênio – hormônio responsável pela reprodução – e aparecem os sinais desconfortáveis derivados das oscilações hormonais.

SINTOMAS A CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZO

Os sintomas podem variar muito de uma pessoa para outra, tanto em quantidade como em intensidade. O ginecologista é essencial nesta fase, para identificar os sintomas físicos e emocionais e iniciar um tratamento que tanto pode recuperar a qualidade de vida da paciente, como preveni-la de doenças graves.

O quanto antes o tratamento for iniciado, melhor será para diminuir os desconfortos dos sintomas que aparecem a curto e médio prazo e evitar os sintomas de longo prazo, que tendem a aparecer quando essa mulher estiver em idade mais avançada.

Alguns dos sintomas mais comuns são:

🚺 A curto e médio prazo (causados por conta do declínio dos hormônios):

  • Menstruação irregular

O intervalo entre uma menstruação e outra passa a ser maior e sem constância. Ela pode vir em um mês e depois ficar 4 meses sem vir, por exemplo. Também é comum a menstruação vir com fluxo grande e coágulos, seguidos por meses de ausência de sangue.

  • Ondas de calor (fogachos)

Elas são caracterizadas por um calor intenso e repentino, acompanhado geralmente de palpitação, sudorese e vermelhidão no rosto. Esse sintoma deve-se à queda do estrogênio, que é o hormônio que regula a temperatura corporal.

  • Ressecamento vaginal e diminuição da libido

Os hormônios estrogênio, progesterona e testosterona são responsáveis pela sensação de sensualidade, desejo sexual e lubrificação íntima. Como nessa fase seus níveis começam a cair, pode ocorrer uma queda na qualidade da vida sexual também.

Além disso, a queda do estrogênio acelera a atrofia vaginal, ou seja, a pele dessa região fica mais fina e ressecada, de modo que a mulher possa sentir dor e ardência ao urinar e durante o ato sexual. Esta situação, por si só, já diminui a libido, mas a falta do estrogênio junto à queda da testosterona também reduz o desejo sexual feminino.

  • Alterações do humor

A irregularidade dos hormônios femininos nesta fase pode influenciar na produção de serotonina e dopamina, 2 hormônios cruciais para o vigor, o bem-estar e a alegria. Por isso, é um tanto comum mulheres apresentarem irritabilidade, falta de energia, ansiedade e tristeza durante esse período.

 

🚺 A longo prazo (tendem a ocorrer quando a mulher não trata a falta dos hormônios durante os primeiros 10 anos do climatério)

Diminuição do metabolismo, que causa aumento da gordura abdominal, do peso e do risco de diabetes;

Diminuição da cognição, com falhas na atenção, memória e raciocínio;

– Piora da saúde osteoarticular, aumentando o risco de quedas e fraturas;

– Aumento do risco de doenças cardiovasculares, como pressão alta, infarto e AVC;

– Piora de doenças relacionadas ao sistema nervoso, com ansiedade, depressão, insônia, dentre outras.

Por isso, se a mulher quiser melhorar sua longevidade com qualidade de vida, é extremamente importante cuidar da saúde e do balanço hormonal assim que entrar na menopausa!

MENOPAUSA PRECOCE

Uma mulher com menos de 40 anos pode começar a sentir os sintomas da menopausa. Isso é incomum, mas pode acontecer sim. Aproximadamente 1% das mulheres* pode ter o que chamamos de menopausa precoce, quando o envelhecimento dos ovários começa antes dos 40 anos de idade.

Os sintomas são os mesmos da menopausa na idade padrão e o primeiro deles costuma ser a menstruação irregular.

As causas não são facilmente identificáveis, mas algumas explicações possíveis são:

– Genética – mulheres com histórico de falência ovariana precoce na família;

– Uso de drogas e toxinas – tratamentos como quimioterapia, contato com pesticidas, tabagismo;

– Doenças autoimunes que possam atacar os próprios ovários.

– Cirúrgicas – se a mulher precisar retirar os ovários em uma cirurgia, também enfrentará (por uma intervenção cirúrgica) os mesmos sintomas que uma mulher que teve a falência de seus ovários de forma natural.

*https://www.mdsaude.com/ginecologia/menstruacao/menopausa-precoce/

TRATAMENTO DO CLIMATÉRIO E TERAPIA HORMONAL

É sempre bom lembrar que os sintomas da menopausa podem ser controlados e você não precisa sofrer tanto nesta fase. O tratamento pode incluir:

👉 Reposição hormonal – é feita uma reposição com estrogênios, para aliviar os sintomas e evitar as consequências a longo prazo que a queda dos hormônios causa.

👉 Alimentação – algumas mudanças são indicadas, como a diminuição de alguns alimentos ( os ricos em gordura e cafeína, por exemplo) e o aumento do consumo de outros (como soja, castanha e gengibre).

👉Tratamentos complementares – é possível aliar o tratamento médico com alguns alternativos, como a prática de exercícios físicos regulares, acupuntura e o uso de chás de plantas medicinais.

– Existe muita dúvida acerca da terapia de reposição hormonal, que costumam repor estrogênio e/ou progesterona, mas vamos te ajudar a entender um pouco mais sobre isso! 😁

Afinal, todas as mulheres devem fazer reposição hormonal no período do climatério?

Não! Cada mulher tem um quadro clínico específico, com sintomas diferentes e em intensidades diversas. Por isso não podemos supor que todas as mulheres devam fazer o mesmo tipo de tratamento. A terapia hormonal (TH) deve ser feita por mulheres que sofrem com os sintomas característicos dessa fase e que não possuam certas doenças, como problemas cardiovasculares, por exemplo.

A TH visa justamente aliviar os sintomas e tornar essa fase mais fácil, além de evitar os efeitos a longo prazo, como doenças nos ossos, doenças cardiovasculares e doenças degenerativas do sistema nervoso.

O médico deve ser o melhor amigo da paciente durante esta fase, pois ele vai avaliar um tratamento personalizado de acordo com cada uma. A dose, forma de administração e tempo de uso devem ser cuidadosamente planejados e reavaliados periodicamente, para qualquer possível ajuste.

– Uma outra opção de reposição hormonal é com o hormônio testosterona.
Na ALQ, ela pode ser feita através de cápsulas – consumo via oral – ou de forma transdérmica – através da pele! Na terapia transdérmica, os medicamentos são manipulados em uma base que é aplicada na pele e absorvida através da circulação sanguínea.

Aqui na ALQ utilizamos a base Pentravan®, por ser mais biocompatível com a pele, segura, livre de componentes tóxicos ou irritantes e com eficácia comprovada em estudos clínicos! 💙

O tratamento nesta condição é uma opção interessante, pois:

– O medicamento é absorvido lentamente e de forma constante;

– Auxilia a adesão no tratamento de pacientes que precisam tomar diversos medicamentos ao longo do dia, por não ser mais uma cápsula;

– É uma boa opção para pacientes que estejam com episódios de vômitos e diarreias;

– Evita os incômodos gastrointestinais que podem ser causados por medicamentos de via oral, como náuseas.

– Em caso de necessidade, sua ação pode ser interrompida com facilidade, através da remoção do medicamento da superfície da pele.

MEDICAMENTOS NÃO HORMONAIS QUE AJUDAM NOS SINTOMAS DO CLIMATÉRIO

Nem sempre o tratamento para a menopausa PRECISA ou PODE utilizar hormônios. Nesses casos, a mulher pode melhorar seu bem-estar e qualidade de vida através de medicamentos não hormonais que atuam diretamente nos incômodos comuns desta fase –  como falta de libido, insônia, irritabilidade e ansiedade.

Abaixo, listamos alguns ativos naturais que possuem essa função. Checa só:

  • Para tratar ansiedade e insônia

✨ Serenzo® ✨

– Reduz fatores inflamatórios gerados pelo estresse;

– Auxilia na modulação do cortisol;

– Auxilia na redução dos sintomas do estresse, como dores musculares, insônia, sintomas cardiovasculares e gastrointestinais;

– Contribui para a redução da ansiedade, irritabilidade e mudanças de humor;

– Ajuda a melhorar a qualidade do sono;

✨ Zembrin® ✨

– Proporciona alívio da ansiedade e estresse;

– Melhora a qualidade do sono;

– Promove humor positivo e ativa as funções cerebrais, melhorando a atenção e raciocínio;

– Combate a compulsão alimentar e os sintomas da TPM e climatério;

– É Seguro e não causa dependência.

  • Para tratar falta de libido

✨ Mucuna pruriens ✨
– Aumenta os níveis de testosterona, consequentemente aumenta a libido;

– Melhora a agilidade mental e a coordenação motora;

– Aumenta a sensação de bem-estar.

✨ Epimedium ✨

– Esse medicamente é usado como potencializador de libido, tanto em homens quanto mulheres. É um excelente aliado nos desconfortos da menopausa.

CONCLUSÃO

Por ser um processo que mexe com toda parte física e emocional, é necessário cuidar para que a entrada no climatério seja a menos traumática possível e que as consequências a longo prazo sejam menores.

Por isso, se você desconfia que sua menopausa está chegando, ou já vive a fase do climatério, não deixe de procurar seu médico e buscar orientações, para que o diagnóstico seja feito e as medidas corretas serem tomadas, de acordo com o quadro individual.

Se cuide! Há muita vida pós-menopausa! ❤

E conte com a ALQ para te ajudar no processo. 😉

FONTES

https://www.bbc.com/portuguese/geral-48339993https://saude.abril.com.br/bem-estar/menopausa-ou-climateriohttps://www.mdsaude.com/ginecologia/menstruacao/menopausa-precoce/
https://www.pfizer.com.br/sua-saude/mulher/terapia-de-reposicao-hormonal
https://www.vivaplenitud.com.br/sobre-a-incontinencia/a-vida-com/menopausa/efeitos-mentais-emocionais-causados-pela-menopausa
https://www.vittude.com/blog/menopausa-e-saude-mental-qual-a-relacao-como-lidar/
https://www.gazetadopovo.com.br/viver-bem/saude-e-bem-estar/mais-idade/menopausa-quando-falta-o-sono
https://www.vivaplenitud.com.br/sobre-a-incontinencia/a-vida-com/sexualidade/manter-desejo-sexual-apos-desequilibrio-hormonal
https://florien.com.br/wp-content/uploads/2016/06/TURKESTERONE.pdf
https://florien.com.br/wp-content/uploads/2017/06/FENO-GREGO.pdf
https://dermomanipulacoes.vteximg.com.br/arquivos/Mucuna_Pruriens.pdf
https://florien.com.br/wp-content/uploads/2016/06/EPIMEDIUM.pdfhttps://www.youtube.com/watch?v=ID6TH1RWIGs

Loja Virtual

Hair and nails polivitamínico ALQ

ALQ - Hair & Nails

Polivitamínico 60 caps
R$ 52,90
comprar

Você pode querer ler também